terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Um bom Natal

A todos um bom Natal...

Cheguei agora da rua carregadíssima de sacos de compras do Bergdorf Goodman, estou desejosa de tirar as minhas botas novas suecas e mandar-me para a cama. Lá fora está uma temperatura amena (cerca de -1ºC)e o ar está enublado mas na suite está-se melhor, posso experimentar a minha lingerie nova, chiquérrima em tom pérola e um rendilhado fabuloso e passear-me neste amplo espaço e sentir o quentinho da atmosfera interior. Só me falta aqui o meu Rodrigo peludinho para me massajar os pés com as suas mãos fortes de camponês ilustrado (laughing out loud!!!!).

Estou no termo das minhas tormentas na terra do tio Sam. Por muito trabalho que tenha tido, fui sempre bem acolhida em todo o lado, tratada como uma princesa e estou cheia de amigos cá. Ainda vou passar o ano em Manhattan com o Ivo (é um amigo búlgaro, de Kurdzhali, que andou aqui nos States a investigar sobre a língua desaparecida dos seus antepassados, o Trácio, e com quem partilho a suite do hotel em que nos hospedámos). Deve ser uma sensação única beber uma taça de champanhe francês na Times Square e beijar toda a gente e desejar, paz, amor, justiça e fraternidade para toda a humanidade... E que todo o mundo passe a tratar o Ambiente com respeito!

Tenho-me lembrado muito das minhas amigas bloggers de Portugal. Mas que hei-de eu fazer? Daqui a uns tempos lá estarei e teremos muito que conversar. As pessoas aqui andam muito esperançadas na mudança e acham que agora a América vai assumir com responsabilidade a sua posição no mundo. E perguntam muito como é que é na Europa, o que é que pensamos dos americanos. Também me perguntaram se ainda há árabes em Portugal (que não distinguem muito da Espanha). É claro que as pessoas com quem me dou aqui são muito diferenciadas: nem imagino como será o americano médio da rua!

Vou ter que me pôr mesmo esticada na bed, uma king size a perder de vista. Tenho que ficar por aqui e não sei quando voltarei ao blog. Por isso deixo às minhas amigas em Portugal (o que inclui os amiguinhos, claro) um beijo enorme, um desejo de um Bom Natal, de felicidade e amor nos corações.

10 comentários:

bettips disse...

A uma menina viajada e virtuosa só se pode desejar Felicidade no Ano Novo; que amor... deve ser King size! Not the bed, dear, the heart!

New Radical disse...

Gostei do teu blog, vou voltar

Feliz natal e próspero ano novo

Vou linkar o teu blog no meu
If you don't mind

Rosa dos Ventos disse...

Continuação de boa estadia em terras do Tio sam e tudo de bom para ti!

Abraço natalício

Betty Branco Martins disse...

.__________querida Patanisca




.uma boa-estadia:=)



desejo a continuação de FESTAS FELIZES

.um ANO NOVO PRÓSPERO_____para si e para todos aqueles que lhe são queridos_________...




__________QUE SE DIGA NATAL TODOS OS DIAS!!!









beijO_______ternO

Teresa Durães disse...

sempre achei os americanos muito incultos... enfim, não é um dos meus povos eleitos

Justine disse...

Falta sempre qualquer coisa, não é? Ou é dinheiro, ou alguém para nos massajar os pés...
E aproveita o tempo que te resta aí para "espalhares" que aqui somos todos árabes, pode ser que assim eles nos deixem em paz...
Beijinho repenicado!

O Profeta disse...

A humildade da água
Uma folha solta no vento
Cai sobre o mundo um manto de fino orvalho
Cada gota aprisiona um pensamento


Que o ano de 2009 seja a chegada aos teus mais
verdadeiros sonhos, que a tua alma encontre as mil cores
do feliz pensamento…


Que os nossos caminhos se juntem no espaço intermédio
entre a ternura e o tempo da viajem.



Mágico beijo

heretico disse...

BOM Ano

beijos

Duarte disse...

Agradeço estas palavras aveludadas que todos deveríamos de proferir, mas todo o ano, seriam mais legitimas, mais autenticas. Tu que as dizes de coração, nota-se, sei que vão produzir o efeito desejado.

Desculpa por só hoje atender a tua mensagem, tudo é devido a que poucas vezes vou a esse blog por ser quase só para uso local. Se passas por amigos de Portugal terei imenso gosto em atender-te oportunamente.

Um grande abraço

legivel disse...

Ó Patanisca! Isso é mesmo de fazer roer de inveja o Legível, que o mais longe que fui este fim de ano foi ao Centro Comercial Colombo! Na Times Square, imagine-se! E a dividir a suite com umm búlgaro, investigador de uma língua morta! Cruzes canhoto (três pancadas com os nós dos dedos na secretária)!
Espero que tenhas entrado bem o 2009 e que regresses ao convívio das tuas amigas e... amiguinhos. Do Rodrigo (peludinho e massajador de pés?!) ando sem saber notícias. Dele, dos gatos e do mercado Municipal de Santarém. Mas já sabes como é isto por aqui: as pessoas "perdem-se" com alguma facilidade e ainda para mais na época de saldos...

abraços e sorrisos.