terça-feira, 16 de setembro de 2008

You Give Me Something




You only stay with me in the morning
You only hold me when I sleep
I was meant to tread the water
But now I've gotten in too deep

For every piece of me that wants you
Another piece backs away

You give me something
That makes me scared alright
This could be nothing
But I'm willing to give it a try
Please give me something
Because someday I might know my heart

You only waited up for hours
Just to spend a little time alone with me
And I can say I've never bought you flowers
I can't work out what they mean

I never thought that I'd love someone
That was someone else's dream

You give me something
That makes me scared alright
This could be nothing
But I'm willing to give it a try
Please give me something
Because someday I might call you from my heart

But it might be a second too late
And the words that I could never say
Are gonna come out anyway

You give me something
That makes me scared alright
This could be nothing
But I'm willing to give it a try
Please give me something

You give me something
That makes me scared alright
This could be nothing
But I'm willing to give it a try
Please give me something
Because someday I might know my heart

Know my heart, know my heart, know my heart

4 comentários:

Betty Branco Martins disse...

.querida Patanisca






.cheguei!!!_______das minhas férias:)


obrigada pela visita.e pelo carinho da leitura.e.da.palavra


.agora é só mesmo um___olá!
volto mais tarde para ler e comentar








beijO_____C_____carinhO

Perdido disse...

Olá, Patanisca. Voltei. Voltei e não te encontro. Dizem-me que andas para aí a trabalhar pelo País fora. A trabalhar? Que falta de gosto! Coisas da juventude...

Dei aqui com o teu blogue. Vi logo que era teu: rosas, roxos, grenás, violetas. Se lhe pudesses pôr umas gotas daqueles teus perfumes caros ficava a matar. Ah! e "música", claro. Bem... Divertes-te..

Fui hoje a Santarém (cidade) e andei por lá a matar saudades e a tirar fotografias. Comprei uns livritos na feira do livro que decorre nesta altura. E fui comer uns bolinhos à Bijou... Claro!

Esta próxima semana vou andar por aí a regularizar uma série de assuntos pendentes e volto depois à actividade de escrita.

Encontrei este País "cada vez mais na mêma". E o mundo por aí fora todo em mudança. Curioso!

Depois falamos. Temos que pôr em dia as conversas que iniciámos na Tunísia.

Beijinho

Patanisca disse...

Obrigada, querida Betty. Fico ansiosa à espera do teu comentário.
Beijo

Patanisca disse...

Rodrigoooooooooooooooooooo!

Como podes ser tão idiota e (raras vezes) tão querido e tão fofinho?

Alinho nisso - pôr tudo em dia - quando quiseres. Porque é que não passamos os dois pela Bijou e levamos o nosso fornecimento de celestes para o Tremontelo?

Bj bj bj bj bj